BEM VINDOS!!!

PARA DAS ORDENS À NATUREZA É PRECISO SABER OBEDECER-LHE.

domingo, 17 de setembro de 2017

Cerro Azul, Doutor Ulysses e Sengés.

Neste feriado de 07 de setembro resolvemos fazer um tour pelo interior do Paraná, saímos direto para Cerro Azul +ou- 120km numa estrada asfaltada com muitas curvas, chegamos lá visitamos apenas o centro numa praça, pois a cidade é pequena, mas com bons atrativos para o turismo, em outra oportunidade já tínhamos feito rapel, tem o rio Ribeira onde pode se fazer rafting.


Rio Ribeira

Logo depois partimos para Doutor Ulysses +ou- 50km estrada de terra com muito pó, mas tranquila, queríamos conhecer as cavernas que tem nesta cidade, são aproximadamente 21 dentre as quais as duas maiores do Estado do Paraná, chegamos lá e fomos procurar informações, todas as pessoas que perguntávamos nem sabiam das cavernas, inclusive os jovens, após muita procura encontramos o Cidinho que trabalha na Prefeitura e está fazendo um trabalho sobre as cavernas junto ao IAP para criarem um Parque, então ele marcou conosco para o dia seguinte visitarmos a segunda maior caverna, passamos a noite no único porto da cidade, autorizado pelo frentista Aristeu, pois o posto não era 24horas. a cidade é muito pequena e tranquila +-5mil habitantes contando com a área rural. No dia seguinte o Cidinho passou no posto com seu irmão Lindolfo que mora em SP e estava de folga na casa dele, nos acompanharam até a entrada da caverna e foram embora, entramos até certo ponto pois sozinhos era arriscado, tiramos fotos e contemplamos sua beleza. Para chegar até a caverna o caminho tem várias bifurcações, pois estas estradas são para plantações de pinus, o caminho todo é só de reflorestamento, segundo Cidinho é o maior da América do Sul em se tratando de reflorestamento contínuo. O Cidinho foi muito atencioso conosco, é uma pessoa que está brigando para transformar a região da caverna em um parque para que a cidade se transforme turisticamente e para quem gosta de natureza será mais uma boa opção. Fizemos também amizade com o Lindolfo seu irmão.




























A tarde seguimos para Sengés +ou- 70km, estrada de terra com muito pó tornando-se perigosa, porque tem muitos caminhões carregados de toras, fomos por este caminho devido estarmos em Doutor Ulysses, pois pode-se ir direto de São José dos Pinhais via Ponta Grossa que a estrada é pedagiada e boa. Na entrada da cidade paramos num posto 24horas para pegar informações sobre
onde poderíamos passar a noite, porque nossa casa é uma kombi, junto ao posto tem uma churrascaria também 24horas de nome Padroeira, o pessoal muito bacana, inclusive tem segurança a noite e banheiros, uma das atendentes a Josiane deu várias informações e até deixou carregarmos nosso celular e ainda a noite assistimos TV. Fizemos nosso almoço entramos na cidade que é muita limpa, porém com um cheiro forte de enxofre, produto utilizado pela fábrica de celulose, é difícil aceitar esta poluição numa cidade com potencial turístico pela sua bela natureza, mas faz parte do progresso, pois gera economia para a cidade. Indicaram um guia, pois os locais são difíceis de encontrar, o nome dele é Murilo que trabalha na Prefeitura e tem uma página no facebook para divulgar o turismo com o nome de "Venha pra Sengés". Tem alguns circuitos para conhecer as cachoeiras, fizemos o circuito que passa na Cachoeira Sobradinho ou Véu da Noiva, Canyon Jaguaricatu, Cachoeira da Ponte, Alagado Porto Velho (represa), Cachoeira do Erva Doce, por último a Cachoeira do Navio, todas elas são bonitas, tomamos banho nelas e curtimos bastante os lugares que visitamos.






















Sempre agradecemos a Deus pela oportunidade que nos dá para conhecer lugares incríveis!

Até a próxima.




sexta-feira, 21 de abril de 2017

Parque Estadual Turístico do Alto da Ribeira - PETAR







Visitamos as Cavernas do Petar...Esse Parque é considerado Patrimônio  da Humanidade, reconhecido pela Unesco.
Arrumamos as coisas e saímos para conhecer algumas das cavernas deste famoso Parque.
Está localizado no Sul do Estado de São Paulo no Vale da Ribeira, entre as cidades de Iporanga e Apiaí.
Saímos daqui de nossa cidade São José dos Pinhais e pegamos a Rodovia BR 476, seguimos pela estrada da ribeira nos municípios de Colombo, Bocaiuva do Sul, Tunas do Paraná, Adrianópolis, Ribeira, Apiaí e mais 25 km de estrada não pavimentada até o bairro da Serra de Iporanga onde se encontra uma das portarias do Parque....são muitas curvas...tem que se cuidar muito.
Nessa nova aventura ,fomos com nossa barraca automotiva em cima de nossa carretinha...e dentro muitos apetrechos...adoramos nos aventurar...
O Parque tem mais de 350 cavernas ,trilhas e cachoeiras...
No Parque tem quatro núcleos de visitação, Santana, Caboclos, Ouro Grosso e Casa de Pedra, para esses núcleos paga-se o ingresso de R$ 12,00, pode entrar com o carro,tem estacionamento dentro do Parque, mas paga mais R$ 6,00.
É melhor ir de camiseta de manga comprida, calça comprida e coturno...levar garrafinha com água...lanches.
Tem cavernas com água e outras sem...normalmente os guias alugam os capacetes juntamente com as lanternas.
Vamos postar algumas das cavernas que fomos...Fomos em poucas cavernas, porque são com horários ...pois o tempo é limitado e não se consegue fazer mais que 2 ou 3 por dia.
Lá tem banheiros e pode até tomar banho com água direto da serra. Visitamos apenas o núcleo Santana, que tem as Cavernas Santana, Morro Preto e Água Suja, e as cachoeiras Andorinhas, Betarizinho e Couto.





Para chegarmos a primeira caverna tem uma trilha pela Mata Atlântica beirando um rio, ao chegarmos na entrada da Caverna Água Suja que de água suja só tem o nome a água é límpida e cristalina, logo na entrada da caverna já temos que literalmente por os pés na água, o guia nos falou que quase 95% seria dentro da água...uiui...mas era até o joelho e em algumas vezes a água chegava na cintura, a entrada tem 4m de altura por 7m de largura, nesta caverna tem um limite até onde poderíamos ir (ela tem 1300m de profundidade), paramos em uma pequena cachoeirinha onde pode tomar um banho. Caverna com muitas estalactites e estalagmites, a Caverna é incrível e super diferente, por ser toda ela com água....gelada por sinal!!

















https://www.youtube.com/watch?v=bH80ykIM9fA&feature=youtu.be


Caverna Morro Preto ....esta caverna também é muito impressionante, para chegar até ela é muito fácil e próxima aproximadamente 200m de trilha, esta caverna não é muito grande, mas a entrada da caverna nos impressiona muito, pois é grande tem aproximadamente 15m de altura por 10m de largura.

Na saída desta caverna, visitamos a cachoeira do Couto...pode até tomar um delicioso banho de cachoeira.









https://www.youtube.com/watch?v=jk0STnHnbRw&feature=youtu.be




Caverna Santana...foi a primeira a ser descoberta e é muito bonita e enorme, é a maior caverna deste núcleo e a segunda maior do estado de SP.
Trajeto dentro da caverna é pouco mais demorado do que as outras, pois tem dois andares muitas escadas de madeira para não afetar o meio ambiente, vários salões e com formações muito incríveis! Tem pontes bem estreitas apara a passagem e o trajeto tem que ser feito todo com lanterna...tem estalactites (formações no teto) e as estalagmites (formações no solo). Nesta caverna passa um rio por dentro dela, e também foi onde encontramos várias formações que fazem aguçar nossa imaginação, encontramos Cavalo, Bolo de Noiva, Torre de pisa, Pata de Elefante entre outras.







Além das cavernas, cachoeiras e trilhas...tem muitos mais aventuras...como rapel, bóia  cross etc.
Tem que contratar um guia...se não você não consegue fazer as cavernas...eles fazem grupos de A8 pessoas...mas nós conseguimos um guia só para nós dois.
Como de costume...dormimos em nossa barraca e fizemos a nossa comida...passeio maravilhoso, onde pudemos conhecer mais essas maravilhas da Natureza!
Até outra aventura...